Quaresma

10/02/2016

O que é Quaresma


Quaresma é o período de quarenta dias que antecede a principal celebração do cristianismo: a Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no domingo. Esta prática existe desde o século IV.

A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa. Durante os quarenta dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa, cristãos de diversas denominações dedicam-se à reflexão, a conversão de vida e a penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que suportou ao carregar a cruz.

Na Bíblia o número quarenta é frequente para representar períodos de 40 dias ou quarenta anos, que antecedem ou marcaram fatos importantes: 40 dias de dilúvio, quarenta dias de Moisés no Monte Sinai, 40 dias de Jesus no deserto antes de começar o seu ministério, 40 anos de peregrinação do povo de Israel, no deserto, entre outros.

Cerca de duzentos anos após o nascimento de Jesus, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 a Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias e foi assim que surgiu a Quaresma.



Propostas para a Quaresma

1. E se eu tentasse olhar aqueles que me cercam com um olhar novo, amigo, fraterno e desinteressado?
2. E se eu decidisse me privar de algo que não me é supérfluo?
3. E se eu, educadamente, recusasse algumas "honras" que me fazem ou certa visibilidade que me dão em relação aos outros?
4. E se eu tentasse cumprir meus pequenos deveres cotidianos pensando em Cristo?
5. E se eu tentasse agir de acordo com minhas convicções e fidelidade a Deus?
6. E se eu testemunhasse às pessoas que amo que meu amor é verdadeiro, ainda que isso me custe esforços e sacrifícios?
7. E seu eu tentasse colocar um pouco mais de coração em minhas ações e fosse menos severo ou seco com as pessoas, sobretudo com aquelas às quais devo impor uma decisão?
8. E se eu tentasse ver as tristezas que estão ao meu redor e não tentasse socorrer apenas as que me interessam?
9. E se eu desse um pouco do meu tempo a pessoas sozinhas que têm apenas a necessidade de falar?
10. E se eu lesse durante a Quaresma um trecho do Evangelho a cada dia, a fim de me deixar transformar por Cristo?
11. E se eu tentasse, mesmo de forma modesta e simples, mostrar ao meu redor que tenho uma fé?
12. E seu eu doasse algo às primeiras pessoas necessitadas que me pedissem, sem me perguntar quem são elas e o que farão com a oferta?
13. E se eu tentasse escutar as preocupações dos outros, para poder ajudá-los em suas dificuldades?
14. E seu eu encorajasse as pessoas ao meu redor, apoiando-as positivamente em seus esforços?
15. E seu eu pedisse perdão a pessoas que eu ofendi ou magoei?
16. E seu eu sorrisse um pouco mais, em todas as circunstâncias, às pessoas ao meu redor?
17. E se eu me colocasse um pouco mais à escuta do que Deus quer de mim e estivesse pronto a mudar o que não está bem?
18. E se eu experimentasse não a pena, mas a misericórdia, para agir amorosamente a favor dos outros?
19. E se eu tentasse imitar o Cristo em uma de suas atitudes mostradas no Evangelho?
20. E seu eu tentasse ver as pessoas com um olhar novo, sem julgá-las por seu passado?
21. E se eu tentasse tirar um tempo para minha vida espiritual, mesmo tendo tantas coisas urgentes a fazer?
22. E se eu tomasse a iniciativa de me oferecer para fazer algum serviço ou prestar uma ajuda pontual?
23. E se eu ajudasse, com minha experiência, os mais jovens ou aqueles que não sabem fazer algo?
24. E se eu tentasse não mentir, em nenhuma circunstância, mesmo para pequenas coisas?
25. E se eu tomasse real consciência de que Jesus está ao meu lado a cada dia, pra me ajudar e sustentar, com amor e misericórdia?
26. E se eu deixasse o "primeiro lugar" para os outros, sem que ninguém reparasse?
27. E se eu me interessar mais pelas pessoas que estão ao meu redor, com as quais cruzo todos os dias e às quais nunca dirijo uma palavra?
28. E se eu tentasse, na modéstia de minhas condições, ser um artesão da paz, acalmando conflitos e tensões ao meu redor?
29. E se eu oferecesse minha amizade a uma pessoa com quem pouco simpatizo?
30. E se eu tentasse, durante alguns dias, não expressar julgamentos a respeito das pessoas?
31. E se eu tentasse fazer algum serviço a minha comunidade de Igreja durante esta Quaresma?
32. E se eu tentasse ver apenas o bem nas pessoas que estão ao meu redor?
33. E se eu tentasse, na hora dos conflitos e desavenças, combater o mal por meio do bem, da alegria, do bom humor?
34. E se eu tentasse, durante esta Quaresma, corrigir nem que fosse um pequeno defeito pessoal, sem fazer disso um esforço intransponível?
35. E se eu me voltasse para este Deus misericordioso no sacramento da reconciliação?
36. E se, durante alguns dias, eu usasse um pouco de meu tempo para meditar em silêncio numa igreja ou capela?
37. E se eu me ocupasse um pouco mais daqueles que me são mais próximos, dando-lhes um pouco mais de meu tempo?
38. E se eu escolhesse uma obra para ajudar financeiramente antes do fim desta Quaresma?
39. E se eu visitasse uma pessoa doente ou muito idosa, apenas para reconfortá-la?
40. E se eu falasse um pouco menos de coisas inúteis?
41. E se eu me inspirasse no bom exemplo de um santo, lendo sua vida?
42. E se eu tentasse agradecer às pessoas que me trazem/fazem algo de uma forma mais calorosa?
43. E se eu tentasse enfrentar as dificuldades cotidianas com um pouco mais de alegria e bom humor?
44. E se eu aceitasse as desculpas que os outros me pedem, sem procurar humilhá-los?

Mais propostas, diariamente, até o final da Quaresma. Acompanhe!

RELACIONADAS

Confira as fotos da Festa da Misericórdia!...

Venha rezar e celebrar com a comunidade Emilie!...

O que é um Ano Santo?...

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok