Intercâmbio cultural entre Colégios da Rede Azul

17/08/2016

Intercâmbio cultural entre Colégios da Rede Azul


 
       Quando se fala em intercâmbio, um dos primeiros pensamentos que vem à mente é o aprendizado de língua e cultura que uma viagem ao exterior proporciona. Mas os alunos do Colégio Maria Imaculada, Curitibanos – SC, da Rede Azul, fizeram diferente, vieram a São Paulo conhecer os espaços históricos, a cultura e a linguagem paulistana e, claro, não poderiam deixar de visitar o Colégio Emilie de Villeneuve.
         A coordenadora pedagógico-educacional do Colégio Maria Imaculada que os acompanhou, Nadia Tescke, explicou que “este projeto visa à ampliação do repertório cultural, por meio do contato com uma realidade totalmente diferente do que nós temos no local onde nós moramos e também ao aprofundamento dos conceitos que eles vêm trabalhando em sala de aula.”
       Durante sua passagem pelo Colégio Emilie, tiveram a possibilidade de vivenciar aulas das eletivas, aula prática no laboratório de física e participar das palestras da Jornada de Profissões. Eles também recebidos e acompanhados por alunos representantes de classe da 3ª série, que os encaminharam às salas de aula, em que participaram de diversas atividades, e intermediaram sua integração com os grupos.  
    Os alunos visitantes consideraram que foi muito interessante a possibilidade de conversar com jovens de outro estado, percebendo as diferenças e semelhanças, além de trocar informações e aprender com as variações de língua e de cultura. “Como eles trabalham um sistema de notas muito parecido, é interessante falar com uma pessoa da tua idade de outro estado que entende o que você está falando” Julia Gomes
      “Eu perguntei para algumas pessoas e eles realmente afirmaram que aqui também é voltado para a formação humana, do cidadão.” Carlos Eduardo Vieira
      “A nossa escola e a Rede propõem formar não apenas o conhecimento, mas o caráter, uma pessoa boa, consciente e preparada.” Gabriel Peretti
     “A presença no Emilie tem algumas coisas bastante interessantes como conviver numa escola que é da mesma Rede, com pessoas da mesma idade, que têm os mesmo interesses.” Profa. Kátia
      Outro ponto ressaltado foi o acesso que as disciplinas eletivas e a Jornada de Profissões permite ao cotidiano de carreiras, por meio da fala de profissionais da área.
     “Eu gostei bastante das eletivas, porque teve dinâmica e o conteúdo tratado foi bastante específico. Deu para saber mais sobre a profissão que escolhi.” Arthur Goeten
    “(Na palestra de abertura da XVIII Jornada de Profissões) Foi bem interessante a parte em que o Prof. Dr. Alex Villas Boas falou que não se nasce herói, mas são as atitudes e as situações que podem transformar alguém em herói.” Renan Fagundes Vargas
    “Sobre a ética, pode-se reparar que o cidadão nunca vai ter uma ética igual ao do outro, o que é ético para um, pode não ser para o outro, então cabe ao Estado definir a sua Lei e entrar consenso com os cidadãos, a fim de fazer o melhor possível” Paulo Augusto Brasil
   “Acho bem interessante ter essas palestras e essas eletivas, porque nos aproximam da carreira, por exemplo, eu queria fazer engenharia, e eu escolhi as palestras de engenharia e consegui ver bem de perto se é o que eu quero, porque ouvir alguém que trabalha na área é diferente de fazer pesquisas sobre a profissão na Internet.” João Felipe Prestes Xavier

     Para nós, foi uma honra recebê-los. Esperamos por vocês em outras oportunidades!

RELACIONADAS

Nenhuma notícia relacionada
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok