SÃO PAULO – 6 por 1!

08/04/2010


 

 

Para quem acha (ou achava) que cultura na América Latina era fraca, ou coisa pra quem tem muita grana, está bem ultrapassado.
Nos últimos anos, a cultura tem sido privilegiada,e mais ainda vem privilegiando os fãs de algumas atividades, exposições e apresentações que nunca passaram por terras tupiniquins.
São Paulo definitivamente se inseriu no calendário internacional de arte e hoje, quem vive na cidade pode ter o orgulho de escolher o que quer ver... todos os dias!
6 por 1 significa ter uma atividade cultural de grande impacto por dia para visitar em uma única semana. Esse é um momento importante para São Paulo, mas já nem tão raro assim, por incrível que possa parecer.

 

PINACOTECA

Para os ufanistas da Pop Art, o maior espetáculo do mundo será ver ao vivo e em muitas cores, a exposição do genial artista Andy Warhol na Pinacoteca do Estado. Pela primeira vez as obras do pintor viajam tanto, e vêm parar em São Paulo. Entre as mais conhecidas, vale muito a pena destacar o estilo inigualável com que ele criticava a “homogeneização” cultural, expressando em reproduções cansativas de elementos como rostos, latas de sopa de tomate, flores etc... uma reflexão sobre a contra cultura de massa que o mundo viu crescer a partir da década de 50. Ele é o mais conhecido artista da Pop Art a usar elementos e produtos do capitalismo para fazer esse tipo de critica.

Estação Pinacoteca: Largo General Osório, 66 / Luz – fone 11 3335.4990
Terça a domingo das 10h às 17h30
R$6,00 e R$3,00 (meia)
Grátis para menores de 10 anos, maiores de 60 anos e aos sábados. Até 23 de maio.


 

CCBB


Se você prefere mais observar as transformações do cotidiano e da vida das pessoas em tempos de exploração, o Barão Langsdorff te convida a uma volta no tempo, através de 156 obras de Rugendas, Aimé-Adrian Taunay e Hercules Florence. Do Rio de Janeiro ao Pará, a expedição Langsdorff adentrou o país entre 1821 à 1829, registrando em imagens, aquarelas, desenhos e através da cartografia de Nester Rubtsov, o visitante poderá conhecer ainda mais cada um dos momentos da história dos últimos 180 anos.
Se estiver por lá [CCBB] vale a pena também visitar a instalação da ultra-contemporânea e pós-moderna, “Ossário”. Durante várias madrugadas, apenas com retalhos de tecido, o street-artist Alexandre Orion limpou seletivamente a grossa camada de fuligem que recobria as laterais de diversos túneis da cidade de São Paulo, revelando na poluição milhares de crânios e transformou os túneis em catacumbas. A instalação recria a atmosfera dos lugares onde o artista passou e com fotografias, vídeos e textos, apresenta o processo de criação, as interferências do poder público e o desfecho desta que é uma das mais importantes intervenções efêmeras já realizadas.


CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – Fone: (11) 3113-3651/52


Expedição Langsdorff:
Terça a domingo das 10h às 20h
Grátis – Até 25 de abril


Ossário:
Terça a domingo das 10h às 20h
Grátis – Até 09 de maio


Cinema, pipoca e REFLEXÃO!


“É tudo verdade!” ou “É tudo mentira!” – Quem decide é você!


É Tudo Verdade é o principal evento dedicado exclusivamente à cultura do documentário na América do Sul. Criado em 1996 pelo crítico Amir Labaki, o festival tem exibido anualmente cerca de uma centena de obras não-ficcionais brasileiras e internacionais, entre lançamentos e clássicos, simultaneamente em São Paulo e no Rio de Janeiro.
Pra quem tem o pé atrás com essa afirmação, o festival paralelo É tudo mentira! Foi inversamente inspirado no anterior e acontece no Cine Olido, reunindo produções que possuem a enganação, o disfarce e o embuste como argumentos fundamentais nas narrativas.


It´s All True / É Tudo Verdade acontece de 08 a 18 de Abril em São Paulo e Rio de Janeiro, em várias salas e locais diferentes. Consulte a programação e a sala mais próxima de você através do site: www.etudoverdade.com.br


É Tudo Mentira vai até 22 de Abril na Galeria Olido, Terça à Domingo das 15:00 às 19:30hs


 

FESTIVAL DO MINUTO: A RESPOSTA
O MINUTO E A CIDADE


62 vídeos selecionados pela curadoria do Festival do Minuto mostram o embate cotidiano de quem vive na metrópole: as dificuldades nas relações pessoais, o trânsito, o excesso de tarefas. Público poderá enviar vídeos-respostas aos que estão em cartaz e os selecionados serão integrados semanalmente à exposição. O Minuto e a Cidade - Festival do Minuto: A Resposta está em cartaz na Galeria Clemente de Faria

MASP – Museu de Arte de São Paulo: Avenida Paulista, 1578 / Cerqueira César – 3251-5644
Terça a domingo das 11h às 18h. As quintas das 11h às 20h.
R$ 15,00. Estudantes: R$ 7,00. Gratuito até 10 anos e acima de 60 anos.
Até 9 de maio.

 


RELACIONADAS

Nenhuma notícia relacionada
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok