Aprendizagem Solidária no Vale do Ribeira

01/07/2010

O Aprendizagem Solidária é um grupo formado por alunos e professores voluntários que se reúnem quinzenalmente, sempre às quintas-feiras, das 13h30 às15h, para refletir sobre ações cidadãs, realizar oficinas com mães e jovens necessitados, além de estudar e elaborar projetos socioambientais dirigidos às comunidades carentes.
Este ano, a equipe de voluntários do Colégio Emilie de Villeneuve juntamente com os da Universidade Metodista de São Paulo se organizaram para uma nova e emocionante missão, o Projeto Vale do Ribeira – Comunidades Quilombolas! Quarenta e seis pessoas, dentre elas os professores Maria Angélica Neves Teixeira e João Cláudio Rufino, os alunos do Colégio Amanda Cylke, Camila Dourado, Felipe Piasson, Lucas Falbo, Mariana Caires e Thaís Chao, além das irmãs Iandra Vieira e Elizane Bocalon e da noviça Samila da Fonseca Reis se todos reunidos em torno de um único objetivo: promover ações socioambientais na comunidade de Bombas, que chamou a atenção de toda a equipe por se situar mais isolada e com muitas necessidades.
Mas para que tudo desse certo, os preparativos feitos ao longo do semestre. A equipe iniciou os trabalhos com uma visita ao ISA – Instituto Socioambiental, uma vez que a entidade realiza múltiplas ações na região há algum tempo e em função desse trabalho elaborou o documento denominado “Agenda socioambiental de comunidades quilombolas do Vale do Ribeira”, um material precioso para auxiliar os gestores públicos na formulação de políticas públicas voltadas para estas comunidades e populações tradicionais no que se refere às necessidades básicas. Com essas informações, tanto as autoridades públicas, ONGs e instituições filantrópicas têm condições de visualizar os caminhos e estratégias para promover mudanças que sanem as necessidades dessas comunidades.
Além disso, o grupo de voluntários buscaram novos parceiros para aquisição de equipamentos e recursos materiais em geral, contaram, ainda, com os recursos levantados pelo Arraial do Emilie e donativos recolhidos em outros eventos do Colégio.
Agora é hora de colocar o projeto em prática, e, dia 03, lá vão eles para as comunidades do Ribeira.

Veja abaixo como foram divididas as responsabilidades:

AÇÕES SOB RESPONSABILIDADE DO COLÉGIO EMILIE DE VILLENEUVE 

  1.  Instalação de placas de energia solar e rede elétrica na escola ou em residência de liderança;
  2. Doação de um computador, uma TV pequena e um rádio;
  3. Oficinas de capacitação para melhor utilização do material doado para a escola ou Associação;
  4. Oficinas educativas de prevenção a doenças e manutenção da saúde;
  5. Oficinas de coleta e reciclagem de lixo;
  6. Produção artesanal de doces e geléias para comercialização;
  7. Oficina de consumo consciente: aproveitamento dos alimentos;
  8. Melhoria do ensino fundamental: doação de material escolar e oficinas educativas para as crianças;
  9. Oficinas de lazer e recreação: atividades cooperativas;
  10. Doação de roupas, calçados, cobertores e brinquedos.


AÇÕES SOB RESPONSABILIDADE DA UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO

  1. Odontologia;
  2. Biomedicina (exames laboratorais);
  3. Medicina;
  4. Fisioterapia;
  5. Nutrição; 
  6. Fonoaudiologia;
  7. Psicologia; Biologia;
  8. Tec. Ambiental; 
  9. Med. Veterinária; 
  10. Farmácia;
  11. Ed. Física.

Coordenadores:

COLÉGIO EMILIE DE VILLENEUVE – Profª Maria Angélica das Neves Teixeira
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO – Profº Victor Hugo Bigoli


Mais informações: 

  • O Grupo Aprendizagem Solidária reúne-se quinzenalmente sempre às quintas-feiras, das 13h30 às15h
  • Instituto Socioambiental (ISA): http://www.socioambiental.org/

 

 

+ Bacharel em Ciencias Biológicas pela USP, Marcelo Del Bel decidiu a carreira através da Aprendizagem Solidária em 2001 com o Projeto Piauí. Leia mais...


RELACIONADAS

Nenhuma notícia relacionada
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok